TelevisãoK-dramaSéries

Você sabe o que é um Makjang?

Fonte: Filmdaily

(Nunca vi, nem comi, só ouço falar)

Makjang é o termo usado para designar dramas sul-coreanas, de cunho melodramático, ou seja, com histórias carregadas na dramaticidade, geralmente focadas no desenvolvimento dramático dos personagens. Bom, a partir daí você já pode pensar nas características que um Makjang tem.

O Makjang geralmente se utiliza de alguns recursos narrativos para desenvolver a história dos personagens como, segredos, traições, vinganças, personagens sofrendo de doenças mortais, acidentes fatais, amnésia, trocas de identidades, além de sempre ter algumas cenas com gente gritando, tapas na cara, coisas quebrando e muito barraco conflito. Também sempre apresentam muitas reviravoltas impressionantes. Com certeza essas características fazem o seu público, principalmente o brasileiro, lembrar das novelas brasileiras e as tão acompanhadas mexicanas (obrigado SBT e tio Silvio 😉)

As histórias intensas, envolventes e cheias de imprevisto fazem dos Makjangs bastante populares, ainda mais atualmente, onde se vê um crescimento considerável de produções televisivas do mesmo seguimento. A seguir algumas dessas obras:

SKY Castle

“SKY Castle” acompanha a vida de 4 mulheres que vivem em um condomínio fechado de luxo chamado SKY Castle. Elas tentam tornar seus maridos mais bem-sucedidos e criar seus filhos como príncipes e princesas.

Apesar da trama em dado momento enveredar para a abordagem de como os jovens são pressionados pelos pais para serem bem sucedidos, não é errado dizer que neste caminho vimos muitos conflitos destes jovens com seus progenitores, competição entre eles mesmos e até entre as famílias, já que cada uma ali tem sua ideia de uma vida boa, por assim dizer, e tenta defender com unhas e dentes.

Makjang de Família

Fonte: Soompi

The World of Married

Ji Sun-Woo (Kim Hee-Ae) é médica em medicina de família. Ela é casada com Lee Tae-Oh (Park Hae-Joon) um diretor de empresa de entretenimento e eles têm um filho. Uma família que parece ter tudo, carreira de sucesso, saúde, mas eis que um belo dia Sun-Woo descobre que está traída pelo marido e outras pessoas.

The World of Married é outro drama que, assim como SKY Castle, tem como seu mote principal a quebra da imagem de família perfeita.

Fonte: Thekoreaherald

The Penthouse

Situado em torno do luxuoso Apartamento Penthouse com 100 pisos.

Conta a história de três mulheres, Shim Su-Ryeon (Lee Ji-Ah) uma mulher que sempre foi rica e é considerada a rainha do condomínio; Cheon Seo-Jin (Kim So-Yeon) que nasceu em uma família rica e é muito arrogante; já Oh Yoon-Hee (Eugene) é de família pobre, sempre trabalhou muito para o sucesso de seus filhos e para pertencer à classe alta.

Olha lá o mote “quebra da família perfeita” ocorrendo novamente. The Penthouse virou uma verdadeira febre na Coreia com recordes de audiência, fazendo escola com SKY Castle e The World of Married, não só no quesito “barraco de ricos”, mas também no sucesso.

Fonte: Autos Yahoo

Secret Boutique

Jenny Jang (Kim Sun-A) é uma mulher bem sucedida, diretora da J Boutique, uma das lojas mais famosas de Seul. Mas nem sempre foi assim, quando Jenny era mais nova era pobre e trabalha em um balneário em Gangnam, Seul. Ela começa um novo emprego como empregada doméstica para uma família conglomerada, dona da J Boutique. Com o tempo, Jenny vai ganhando confiança da matriarca da família e acaba virando seu braço-direito. Ela se torna bem-sucedida e dirige a J Boutique. O segredo de Jenny, é que ela é lobista e acaba se envolve em um projeto internacional de desenvolvimento da cidade, onde descobre segredos da sua família.

Fonte: Asianwiki

 

The Last Empress (Korean Drama)

Situado na atual Coreia do Sul, mas sob a premissa de que o país é governado por uma monarquia constitucional.

Oh Su-Ni (Jang Na-Ra) é uma atriz de musical com uma personalidade brilhante. De repente, ela se casa com o imperador Lee Hyuk (Shin Sung-Rok) e vai morar no palácio. Lá, Oh Su-Ni vai lutar contra o poder absoluto da monarquia. Enquanto isso, ela se apaixona por Na Wang-Sik (Choi Jin-Hyuk), que é guarda-costas da família imperial. Na Wang-Sik foi ao palácio para se vingar do responsável pela morte de sua mãe. Juntos Su-Ni e Wang-Sik vão de contra a todo o poder e ideologia da família imperial.

Fonte: Kdramabuzz

 

The Innocent Man (Nice Guy)

The Innocent Man é sobre como Kang Ma-Ru (Song Joon-Ki), decide se vingar de sua ex-namorada machucando outras pessoas e fazendo a jovem herdeira chaebol Seo Eun-Gi (Moon Chae-Won) se apaixonar por ele. Assim que ele está começando a se apaixonar por ela, ela descobre o verdadeiro motivo pelo qual ele se aproximou dela, fazendo com que eles se separassem. Um acidente de carro acaba fazendo com que Eun-Gi perca a memória e no decorrer da história ela acaba se envolvendo novamente com Ma-Ru.

Aposto que muitas pessoas não achavam que The Innocent Man é um makjang, mas a história se enquadra muito bem no gênero, não só pelo fato da história já começar com uma morte chocante logo no primeiro episódio, no meio da história ter um acidente e perda de memória, mas também por ter muitas reviravoltas. The Innocent Man é aquele dramalhão mascarado de suspense.

Fonte: The Fan Girl Verdict

E aí gostou da matéria? Já conhecia sobre Makjang? Acha que ficou faltando algum drama nessa lista? Comenta com a gente nas nossas redes sociais! Até!

 

 

REFERÊNCIAS:

https://asianwiki.com/SKY_Castle

https://asianwiki.com/The_World_of_the_Married

https://asianwiki.com/Secret_Boutique

https://asianwiki.com/The_Last_Empress_(Korean_Drama)

https://asianwiki.com/Penthouse_(Korean_Drama)

https://www.clickthecity.com/tv/article/21676/8-makjang-k-dramas-to-watch-after-the-world-of-the-married/

What's your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
Murilo
Murilo Machado, 27 anos, funcionário público, pesquisador de Cinema e Cultura por estudo, preguiçoso por natureza, grande apreciador de filmes/séries p&b, ost's de k-dramas/animes, roteiros bem escritos e café, não necessariamente nessa ordem. Adotei a cultura coreana em 2010 e nunca mais larguei.

    You may also like

    Leave a reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *